Olá leitores,

Hoje trago para vocês a resenha do livro "Ele não é isso" do Rodrigo Moreira. Foi um livro que me surpreendeu bastante e muito mais do que terror, traz uma lição interna para cada leitor, levando-nos à refletir sobre nossa sociedade atual.

Antes de começar a resenha queria dar um comunicado importante. Infelizmente, a colaboradora do blog, a Jaque, não poderá postar mais aqui, por problemas pessoais. Obrigada Jaque pelo tempo que me ajudou, você é especial para mim e sabe disso!

Livro: Ele não é isso
Autor: Rodrigo Moreira
Editora: Arwen
Páginas: 263
Gênero: Ficção/Terror
Nota: 💙💙💙💙

"Acontece que a sua história, o seu legado, mostrará quem você realmente é. Porque viveu e viverá, eternizado nas mentes e nos corações de outros"


SINOPSE: Em pleno marco zero de São Paulo e escondida entre as paredes do edifício Nazareth, uma história, que antes fora de amor, vai se tornar sofrimento, tortura e medo. Em uma noite tranquila, Matias e sua esposa, Felícia, grávida de 6 meses, são atacados por um cão. Para ele, havia sido apenas um susto. Para ela, uma dolorida, mas curável, ferida na perna. No entanto, a ignorante certeza de que tudo acabará bem, desprezando a necessidade de cuidados médicos, causará sérias consequências. O que tal negligência ocasionará às vidas dessa família? Que destino um simples acidente revelará para o mundo? Matias, enclausurado em seu apartamento com seu filho, Júnior, viverá momentos tenebrosos e sombrios que mudarão para sempre a sua história e das pessoas à sua volta. Um pai, um filho e um destino amedrontador.
Uma história de terror, drama? Quem sabe! Pode-se dizer que este é, apenas, um relato sobre um ser que, há muito tempo, deixou de viver, mesmo que a função fisiológica denominada respirar diga o contrário.

O livro começa sendo narrado por 4 cientistas que contam, através de gravações, sobre um novo vírus que contaminou a Terra e acabou transformando-a em um local fatal.
Logo depois, embarcamos na história do Matias e da sua família.
O Matias perdeu a mãe aos 9 anos, foi criado pela sua tia Selene e o marido dela, Raimundo. Matias sofreu pela perca da mãe, mas muito mais que isso, sofreu um abalo psicológico que levou para a sua vida. Foi abusado durante sua infância e por conta disto nunca teve perspectiva na vida, sempre pensando na sua vingança. Ele cresceu pelas ruas, vendo e fazendo coisas erradas. 

Certo dia, conheceu a jovem Felícia e resolveu que iria conquistá-la. Felícia era uma moça de família Tradicional, que sempre buscou a Deus, repudiando todos os pecados mundanos. Porém, a jovem deixou-se seduzir por Matias, que após conquistar o seu "prêmio", abandonou-a. 
Felícia acabou engravidando e ao contar para Matias, foi repreendida pelo mesmo, que não queria nem saber da moça e tão pouco do bebê. Felícia foi expulsa de casa pelos seus pais e passou a morar com a sua tia. Mas a moça sofria por ter pecado e passou a viver perturbada com seus próprios pensamentos.

Matias, presenciando o sofrimento que causara a moça, acabou se arrependendo. Foi procurar um emprego descente para casar com a jovem e constituir a sua família. O amor aos poucos foi surgindo e parecia que finalmente o jovem casal teria uma vida comum. Mas o destino encarregou-se de puni-lo por todos os seus erros. 
Um dia ao passearem pela rua, Felícia foi mordida por um cachorro. No princípio, ambos não acharam isto relevante, mas aos poucos, a jovem começou a apresentar sintomas estranhos, tendo febre e fortes dores constantes. Em uma tentativa de salvar Felícia, Matias levou-a ao hospital, porém os médicos pouco puderam fazer. Ela morreu logo após ao parto e os médicos constataram que ela estava com a Doença da Raiva.

"Nós não nascemos para viver sozinhos. Precisamos construir uma história e deixar um legado. Amarmos e sermos amados. É algo que por um tempo até podemos sublimar, mas não por uma vida toda"

Seu filho, Júnior,  passou por vários exames, mas nada foi constatado, ele parecia saudável, até completar 3 anos... Matias deixava o menino com Dona Celina para ir trabalhar. Mas o menino começou a apresentar certos sinais incompreensíveis. Tinha febre constantemente, queria morder as pessoas e ansiava por carne fresca, seja de um ser humano ou de qualquer outro animal. Os médicos não descobriram o que o garoto tinha e "isso" só ia aumentando de proporção.

No decorrer do livro conhecemos um pouquinho mais sobre dona celina. Uma senhora que morava sozinha no mesmo prédio de Matias, não tinha constituído uma família e que passou a vida dedicando-se ao trabalho. Na juventude era pobre, trabalhou como empregada doméstica, mas os seus patrões proporcionaram estudo a ela, que transformou-se em uma bela professora. Durante a vida, conseguiu juntar uma pequena riqueza que foi dedicada quase que exclusivamente a caridade. Sofreu durante a sua trajetória, mas não deixou se abater pelas dificuldades que surgiram no seu caminho. Ela nutria um carinho de mãe pelo Matias e o Júnior, buscando cuidar dos dois sempre que podia.

"Quando se tenta preencher todo um vazio que a vida lhe deixa, mal sabemos que o próximo já estará aberto"

Matias abandonou o trabalho e passou a dedicar-se exclusivamente ao filho e aos poucos acabou se perdendo, confundindo a realidade com sonhos, não percebendo o "monstro" que estava criando. Sua vida mudou e todas as pessoas ao seu redor foram influenciadas por tantas mudanças. O mundo já não era o mesmo e a culpa lhe preenchia, ele sabia que acabou destruindo muitas pessoas, inclusive ele mesmo...

"Ele não é isso" está longe de ser um livro convencional, é um livro de terror/ficção que te transporta para um cenário inimaginável em um primeiro momento.
O livro vai muito além de mostrar o terror, nos leva a pensar no próprio monstro que carregamos dentro de nós e que deixamos nos consumir em alguns casos. Nos faz refletir sobre o universo e pensar se o "isso" já não dominou o mundo?! Estamos imersos a tanta crueldade, preconceito e desrespeito, que o monstro somos cada um de nós ao praticarmos tais atos.

O mundo já está destruído, nós que não percebemos!

Obrigada por me proporcionar a leitura Rodrigo, me fez refletir e só fez acrescentou na minha personalidade quanto pessoa e cidadã. Sou extremamente grata!

Quem quiser adquirir o livro ou entrar em contato com o autor, segue os contatos:

Link de Compras:
Arwen: http://goo.gl/nKkPqT
Livraria Martins Fontes: http://goo.gl/BZZNeg
Amazon: https://goo.gl/Lseoqq

Contatos do autor:
Facebookhttps://www.facebook.com/elenaoeisso
Instagramhttps://www.instagram.com/elenaoeisso
Skoobhttps://www.skoob.com.br/ele-nao-e-isso-433851ed491537.html




Beijinhos da Alice!!

6 Comentários

  1. Uaaau! Adorei a resenha! Fiquei super curiosa e com vontade de ler o livro, tbm!! 👏👏👏

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Amanda! Eu recomendo a leitura, é gostosa de se ler! <3

      Excluir
  2. Alice :o
    Suas resenhas são perfeitas.
    Eu amei, e que livro maravilhoso é esse? Preciso *-*
    Adoro livros que misturam terror e ficção, e a história parece ser bem envolvente.
    Parabéns ♥
    Beijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obrigada pelo comentário *-* Fico muito feliz que tenha gostado <3
      Esse livro é de tirar o fôlego, super recomendo a leitura, os ensinamentos passados são de extrema importância!

      Excluir
  3. Oii Alice, você sempre arrasando nas resenhas!
    E mais uma vez amei e fiquei com vontade ler o livro todo.Bjs.

    Refúgio Da Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz Ju! Seus comentários positivos sempre me animam!
      Beijão

      Excluir