Olá leitores, 

Recebi ontem o livro "Loui, O Palhaço Medonho & Outros Contos Sombrios" em parceria com a Editora Fonzie e já devorei as páginas como se as mesmas fizessem parte das minhas entranhas. 
Sou uma medrosa de carterinha, me arrepio com qualquer bobagem, mas o livro conseguiu me sugar e me vi, pela primeira vez, ansiosa por ler cada página de um terror!!! 
Estejamos preparados, pois a brincadeira já começou...


Livro: Loui, O Palhaço Medonho & Outros Contos Sombrios
Autores: Leonardo Otaciano e Matheuz Silva
Páginas: 132
Editora: Fonzie
Gênero: Ficção de Terror e Suspense
Ano da publicação: 2016
Nota: 💙💙💙💙💙

"As luzes acesas não livram ninguém da morte, sabia?"


SINOPSE: Acervo sombrio de Leonardo Otaciano e Matheuz Silva ocupado por tétricos vilões, criaturas sobrenaturais, elementos sanguinários, jovens possessos e um medonho palhaço, seres presenciados pelo leitor em âmbitos excêntricos e corriqueiros. O medo será um louvável companheiro durante as descobertas nefastas destes recontos.

Loui, O Palhaço Medonho é um livro com 12 contos que permeiam ambientes obscuros e transpassam o medo que habita todos os seres humanos. Cada conto apresenta um toque especial que torna a leitura da obra leve, tirando todo ar pesado que causa receio nos leitores em relação ao terror/suspense.
A maioria dos contos tem como personagem central o palhaço, Loui. O Loui é realmente macabro, ao conhecer ele pela primeira vez, cada pelo dos meus braços e nuca se eriçaram. Mas sabe aquele personagem que é tão mal que depois de um tempo você acaba gostando? Então, isso aconteceu com o Loui. Eu me apeguei a ele e no único conto que ele não matou ninguém, eu gargalhei e senti falta das formas interessantes que ele usa para matar suas vítimas. Me senti entrando na mente do Loui e entendendo o que lhe motiva a cometer tais atrocidades, ele ao fim é apenas mais uma pessoa ignorada pelo mundo e descartada pela sociedade medíocre que teima em rotular as pessoas, seja pelo seu físico ou pelo intelectual. 

"Os piores pesadelos sonhamos acordados"


Os contos também trazem o Madarijeszto, um espantalho diabólico; Divina, a mulher de vestido branco; Mitt, a morte e o Déwin, o duende vingativo. Algumas estórias acabam tendo um ponto de ligação, no qual o leitor consegue perceber o fio da meada que os autores buscaram demonstrar. 
A escrita é fascinante, passeando entre o medo, o suspense e a vontade de sair correndo e buscar o colo da mamãe. Os autores me surpreenderam, pois a obra é tão bem escrita, que o meu pânico em alguns pontos, foi completamente superado e no final do livro, eu anseiava por mais :/

Por que tão poucos contos??? 
Foi o meu primeiro livro do gênero e terminei-o com a certeza que será apenas o primeiro, pois me senti conduzida e com toda certeza manterei um elo com o terror.
Para quem gosta de ler a noite, eu não recomendo, tentei a experiência e passei horas a fio me remoendo na cama, imaginando se o Loui poderia estar ali, ao meu lado. Mas talvez eu virasse amiga dele né?  Quem sabe... 

"Em cada encruzilhada há um Mitt esperando por você, não vá cometer a burrice de apertar a sua mão"


O meu conto preferido foi  "O Cemitério Perdido", pois mostra que, às vezes, a morte é só um detalhe, que faz parte do seu ser desde o nascimento. Podemos estar mortos e nem perceber, continuar vivendo aquela rotina nos aprisiona dentro de um mundo a parte. 

A Fonzie deu um espetáculo a parte em relação a edição. Além de uma capa marcante, cada capítulo é apresentado ao leitor com uma imagem e frase impactantes, o que permite que se tenha uma noção sobre o conto antes mesmo de degustá-lo.

"Os rejeitados voltarão... mesmo que seja do fundo do abismo"

                       

Liberte-se! Viva! Entregue-se ao terror e ao pânico, a sua salvação pode ser um palhaço medonho, assim como o seu martírio!

Obrigada a Fonzie por me proporcionar abrir meus horizontes e me arriscar em novos gêneros!

Quem se interessou pelo livro e quiser comprá-lo, CLIQUE AQUI!

Contatos da Editora Fonzie: 
E-mail: contato@editorafonzie.com.br


A Fonzie disponibilizou um exemplar para vocês, então preencham o formulário e participem :)
Lembrando que é obrigatório seguir o blog e a página do facebook da Editora! A Fonzie terá uma semana para o envio do livro!





a Rafflecopter giveaway Beijinhos da Lice, uma nova amante do terror! 

17 Comentários

  1. Hello Alice, boa noite! Tudo bem?
    Eu amooo livros e filmes de terror, já quero ler esse livro <3. Loui me lembrou o palhaço dos filmes Jogos Mortais rsrs fiquei curiosa para ler os contos, amei a resenha!
    Beijoooos!

    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, tudo ótimo e com você?
      Eu não sou de assitir nada de terror, mas posso garantir que a leitura dos contos de prende do início ao fim.
      Se você já gosta do gênero, certeza que irá amar o livro!!

      Beijooos gata!

      Excluir
    2. Hello Alice, bom dia!
      Eu marquei você em uma tag lá no blog, beijoos!
      Refúgio Da Ju

      Excluir
  2. Lemos com atenção e bastante carinho cada resenha a respeito das nossas publicações e às vezes não paramos para comentar todas, já que estamos em constante atividade a fim de sempre proporcionar o melhor conteúdo aos leitores, no entanto me sinto na obrigação de parabenizá-la pela excelente análise. Saber que um livro de terror, o primeiro do nosso catálogo, conseguiu cativar a atenção de uma leitora que não está familiarizada com o gênero e, ir além, fazê-la ter empatia com aquele que deveria causar-lhe os mais temíveis pesadelos me deixa muito feliz e, de certa maneira, realizado, pois acredito que o trabalho dos autores e de toda a equipe envolvida na publicação de "Loui, O Palhaço Medonho & Outros Contos Sombrios" merece a oportunidade de ser explorado. Quando o terror sai do círculo convencional dos amantes e migra para a estante dos leitores que ainda não se sentem confortáveis a ponto de ler, esclarece que o gênero em si também tem muito conteúdo a oferecer e o leitor abraça a ideia, fica certeza de que estamos no caminho certo para que cada vez mais autores excelentes sejam descobertos. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As palavras de vocês estão repletas de verdades. O terror realmente não é disseminado pela nossa literatura e o livro me cativou de uma forma que eu sequer poderia imaginar ao começar a leitura.
      Com toda certeza, o trabalho de vocês está no caminho certo e tenho convicção que muitos autores serão descobertos e amados pelos leitores brasileiros a partir de vossas publicações.
      Obrigada pelas palavras, elas apenas me motivam e me dão a certeza que estou no caminho certo, assim como vocês!
      Que venham mais livros maravilhosos, repletos de conteúdos surpreendentes e apaixonantes!!

      Excluir
  3. Oi Lice, bela resenha ! Parabéns!
    Quero muito ler esse livro!
    grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. Alice eu já tava loka pra comprar, e você ta me matando com essa resenha rsrsrs
    ta tudo muito bom!!!!

    www.falandodiferentesobrelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode se preparar, porque o livro é de matar mesmo hahaha

      Excluir
  5. Poxa,muito obrigado pela resenha maravilhosa. Nossa intenção em criar o protagonista vilão perfeito que rouba a cena e conquista por sua peculiaridade mesmo na pratica das crueldades certamente funcionou. Grato por suas palavras, nós, os autores, adoramos. Parabéns ao blog.

    Valeu.

    Léo Otaciano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada vocês pelas palavras e Parabéns por criar um vilão tão adorável <3

      Excluir
  6. Tô louca com ele!!! Ótima resenha! ❤

    ResponderExcluir
  7. Oii Alice.
    Primeiramente gostei da resenha, você me passou um enorme interesse por um gênero que eu tbm não estou familiarizada e que tenho vontade, porém não tenho coragem de ler.
    Essa capa por si só já me assustou, sou bastante medrosa, porém, muito curiosa, então crei que esse livro seja uma ótima oportunidade de me afeiçoar com o gênero.
    Sobre o personagem o palhaço Louis, imagino mesmo que ele tenha lhe causando bastante medo, afinal, não me comportaria diferente, palhaços em geral são bastante macabros, penso que, por baixo de tanta maquiagem pode haver um interior inimaginavel e incomparavel é tudo muito emocionante kkkk

    Bjoes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jhennifer,

      Acho que você conseguiu captar bem a essência do Loui, posso te dizer que como a medrosa que sou, também tive receio com o livro, mas acabei embarcando na leitura e no gênero. Até já comprei outros livros para ler hahaha

      Beijooss!

      Excluir