Hellooo, tudo bem por aí?

Esses dias eu estava passeando no facebook quando me deparei com uma imagem de um filme que me chamou a atenção. O filme em questão era o "Paixão sem limites". Logo descobri que o filme era uma adaptação de um romance que eu li a mais ou menos 1 ano atrás: Três metros acima do céu. 
Nesse post contarei um pouquinho sobre o filme. Vale salientar que essa adaptação foi uma das mais fiéis que já assisti, tirando o fato de mudarem o nome do filme no Brasil e trocarem o nome de alguns personagens :@   

Filme: Paixão sem Limites
Ano: 2010
País de origem: Espanha
Tempo: 118 min

"Eu e você. Três metros acima do céu"


O filme contará a história de dois jovens: Babi (María Valverde) e Hugo (Mario Casas). Babi é uma patricinha, de família tradicional, que segue todas as regras da mãe e de certa forma é "inocente". Hugo, mais conhecido como H, é um jovem rebelde, motociclista, que adora adrenalina, leva a vida na impulsividade e participa de corridas ilegais. 
Ao se ter o primeiro contato com o filme/livro, o leitor acha que está de frente com mais um clichê. Longe disso!


O Hugo teve seus motivos para virar um rebelde, ele já foi um rapaz calmo e inteiramente dedicado aos estudos, mas algo aconteceu e mudou completamente a sua vida. 
Ao cruzar o caminho da Babi, a atração entre os dois ocorre em uma troca de olhares  e o garoto sem nem mesmo conhecê-la a tacha de "feia". A garota simplesmente o odeia, mas como o amor e o ódio andam em conjunto, o amor parece prevalecer.

H mudará a vida da Babi. Aos poucos a menina certinha vai perdendo a linha e encontrando novas amizades, decobrindo os prazeres da vida e quebrando as regras da sua mãe. A mãe da Babi é uma mulher um tanto rancorosa, que tem um futuro planejado para as duas filhas (Babi e Daniela) e não aceita que a filha conviva com um "vandâlo". Já o pai da garota é um amor de pessoa, que a apoia acima de tudo. 
O H tem um núcleo familiar conturbado, saiu de casa e agora mora com o seu irmão. Seu melhor amigo Pollo (Álvaro Cervantes) é a sua base, os dois tem uma relação que transpassa a irmandade. Pollo se envolverá com a melhor amiga da Babi, Katina (Marina Salas). Os quatros amigos viveram histórias que mudaram para sempre o destino deles.

Pollo e Katina
O filme trata de assuntos muito mais relevantes do que o romance entre jovens, apesar de o foco ser no romance, óbvio. De certa forma ele relata o perigo que pode ocorrer por trás de "pegas" clandestinos.
O romance da Babi e do H é narrado de forma leve, sem toda aquela pressa, as coisas acontecem naturalmente. Ambos são imaturos e isto atrapalha o desenrolar da história. 
Tanto no livro e no filme minha vontade foi ir atrás do autor e obrigá-lo a mudar aquele final. Custa pra mim acreditar que terminou daquele jeito.
Mas talvez seja esse final que cative tanto o leitor. Um final que foge do convencional e nos faz refletir sobre as oportunidades que perdemos, os momentos que passaram, as histórias que não vivemos.

Cena que vi no Facebook
Com o filme podemos ter as imagens que criamos em nossa mente se concretizando. A fotografia do filme é excelente e os atores dão um banho, chegando muito próximo àquilo que imaginei ao ler a história. A cena da primeira vez deles foi linda, do jeitinho que eu esperava.
Talvez algumas pessoas estejam se perguntando: Por quê "Três metros acima do céu"? 
A resposta é fácil, "Três metros acima do céu" foi a maneira que o H achou para definir o seu amor pela Babi. Para mim, o significado vai além. "Três metros acima do céu" é o tamanho da história que não pode ser concluída, que parou na metade, que ficou "Três metros acima do céu" quando na verdade poderia ficar 10. 
"Três metros acima do céu" é o tamanho do amor de ambos, mas também pode ser as perdas!

      


O filme tem uma continuação que eu já tratei de assistir: "Sou louco por você". Não falarei muito da continuação, pois revelaria muitos spoilers do primeiro filme/livro. 
Há boatos que o autor está escrevendo o próximo livro e que o terceiro filme já está a caminho. Impossível se contentar com o final do segundo filme!!

Recomendo tanto a leitura, quanto os filmes. Certeza que irão amar e suspirar pelo Hugo, oh homem bonito hahaha 
Preparem os lencinhos também, porque nessa história o choro é livre, é doloroso e é cruel. Não consigo definir se chorei mais no livro ou no filme. Até meu boyfriend chorou haha


Links para comprar os livros:                                            Links para assistir o filme:
Saraiva                                                                                   Youtube
Submarino                                                                              ILoveFilmes (Legendado ou Dublado)




Beijinhos da Lice

12 Comentários

  1. Fiquei fascinada!!! Vai entrar na lista interminavel de filmes e livros!! Parabéns, ótima resenha!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jo! Pode colocar na sua listinha, porque não irá se arrepender!!

      Excluir
  2. Quero muito assistir já! Talvez até procure o livro também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corra para assitir e parta seu coração também hahaha
      No Brasil, infelizmente, só achei o livro em pdf :/

      Excluir
  3. Achei super interessante.
    Mas não faz meu gênero e não daria uma chance, talvez assista ao filme.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista o filme e talvez mude de ideia hahaha

      Excluir
  4. A primeira vez que eu li o nome do filme fiquei assustada, pensei que era relacionado ao livro Paixão sem limites da Abbi Glines. Mas depois que li a sinopse vi que não era, assistir o filme e gostei muito.
    Eu não sabia que o filme era a adaptação de um livro. Bjs!

    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma adaptação bem fiel, diga-se de passagem!!!

      Excluir
  5. Vou tentar ler, ou talvez eu vejo o filme, mas de qualquer forma, fiquei bem interessada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um filme não se compara à um livro. Mas esse em espetacular foi muito bem adaptado. Recomendo!

      Excluir