Olá amores, tudo bem com vocês?

Venho resenhar o livro "Felicidade, foi-se embora?" que foi disponibilizado em parceria com a Editora Vozes. A leitura foi agradável e bem reflexiva, principalmente se você gosta de livros desse gênero!

Felicidade, foi-se embora?
Autores: Frei Betto, Leonardo Boff e Mario Sergio Cortella
Páginas: 136
Editora: Vozes
Nota: 💙💙💙

RESENHA: Felicidade foi-se embora? A tristeza não tem fim, mas a felicidade sim? É impossível ser feliz sozinho? Três dos mais prestigiados autores do país se reúnem nesta obra para falar da Felicidade, este tema que nos inquieta, nos provoca e incita a construir todos os dias a base para alcançar este momento de plenitude da vida. São muitas as perguntas, e nenhuma tem uma resposta definitiva. Mas com certeza neste livro você vai encontrar uma inspiração para buscar a felicidade em todos os momentos da vida, até nos mais difíceis. Se abra para a felicidade e verá que é bem mais simples do que imaginava!


Dividido em três partes, o livro conta com os pontos de vista de cada autor sobre a Felicidade. No qual, eles narram momentos de suas vidas onde foram felizes, citam grandes filósofos, religiosos ou autores e possuem um diálogo direto com os leitores.
Começando pelo Frei Betto, temos o tema: Quanto custa ser feliz? O autor narra momentos em que encontrava-se perturbado, triste, isolado. No decorrer das páginas, o preço da felicidade é explorado e discutido.

"Sou feliz por jamais ter me faltado um teto e nunca ter passado fome"

Algumas pessoas acreditam que possam encontrar a felicidade apenas se tiverem riquezas, se possuírem carros, casas e jóias. Nossa sociedade capitalista incentiva o consumo desenfreado baseado na felicidade que os produtos trazem ao comprador. Mas seria essa felicidade real? É comum vermos casos que milionários são infelizes, deprimidos e solitários, desta forma fica fácil concluir que bens físicos não trazem felicidade. Além de que os bens estão sempre inovando-se e partindo dessa premissa de Felicidade alcançada através de bens, um ser humano jamais seria feliz, pois há uma constante inovação e mudanças, desta forma a Felicidade não poderia ser alcançada.

"Para o capitalismo neoliberal, a felicidade reside ao hiperconsumismo desenfreado. O produto lançado hoje é considerado démodé amanhã" 

Claro que esses bens físicos trarão bem-estar e uma vida confortável, mas isso por si só não é garantia de felicidade. Frei Betto deixa claro que Felicidade é um estado de espírito que pode ser acessado em diferentes ocasiões. Ele frisa que nos EUA, por exemplo, a Felicidade está garantida na Constituição americaan, enquanto que no Butão não se adota o PIB (Produto Interno Bruto) e sim o Índice Nacional de Felicidade Bruta, o qual mede os indicadores do país através da Felicidade dos indivíduos.



O Leonardo Boff abordará: Felicidade: não correr atrás de borboletas, mas cuidar do jardim para atraí-las!
A Felicidade não é algo pálpavel, não podemos comprá-la na esquina ou fazer planos para que ela venha até nós. Apenas temos que fazer o bem e esperar que o bem possa nos trazer a Felicidade como recompensa. Então seria a felicidade uma recompensa?

"A felicidade resulta-se de muitas coisas que devem vir antes" 

Com tanta infelicidade ao nosso redor, com tanta miséria e sofrimento, é possível ser feliz?
Talves seja difícil ignorar o seu semelhante sofrendo, talvez seja revoltante ter consciência de que toda riqueza do mundo centra-se em apenas 1% da população. No entanto, o pior de tudo é saber que a Felicidade deriva-se da natureza, e essa por sua vez encontra-se cada vez mais escassa. O Leonardo questiona que deveríamos recuperar a felicidade da Mãe Terra, pois só assim poderíamos centrar-se na nossa própria felicidade.

"O ser humano é um projeto infinito que somente no Infinito encontra a sua paz e felicidade"



Por último, o Mario Sergio Cortella centrará suas ideias em: Felicidade: uma presença eventual, um desejo permanente...   
Felicidade não é um estado permanente, nem poderia ser, pois não saberíamos apreciá-la. O autor afirma que precisamos vivenciar vários sentimentos, vários estados de espíritos, pois quando nos deparamos com a felicidade sabemos vivenciá-la com todas as suas nuances.

"O que valoriza a água fresca é a sede e o que valoriza a comida gostosa é o apetite"

Um homem acostumado a beber todos os dias não encontra mais a felicidade naquele ato, a felicidade está em aproveitar os lapsos dos momentos. Mario ainda afirma que Felicidade é partilha. Uma pessoa jamais conseguirá ser feliz sozinha, ela precisa compartilhar momentos, ela precisa dividir sentimentos. Ele frisa no exibicionismo dos jovens nas redes sociais e atribui essa atitude no desejo de compartilhar momentos com os outros.

"Viver é automático, mas sentir-se vivendo não o é"


Por fim, o livro nos apresenta tantos questionamentos, tantos sentimentos e desejos reprimidos que podemos considerá-lo como uma obra prima.
As pessoas passam a vida buscando a tal Felicidade, doam-se de formas absurdas por esse desejo e nem sempre têm o retorno que espero. A Felicidade é um estado alcançado através de pequenos atos, de ações no dia-a-dia, de uma boa conversa, de uma vida simples.

Quanto mais presenciamos egoísmo, violência e soberba, mas nos deparamos com a falta de Felicidade. Sempre fui de questionar a vida, os momentos, as ações e a Felicidade para mim sempre foi um mistério que eu teimo em desvendar.
Mas, fui crescendo e percebendo que a Felicidade é passageira, que ela nos banha com momentos únicos que ficarão marcados por toda uma vida.

A fórmula para a Felicidade é simples: viva a cada dia como se fosse o último, jogue-se nas suas preocupações, compartilhe momentos especiais e saiba que seu coração é um mar de coisas boas esperando uma oportunidade para invadir outras vidas e outros corações!!!

"Ser feliz é um estado prolongado, sempre alimentado e recriado"   


Redes Sociais da Editora:

Links para compra do Livro:


Beijinhos da Lice

54 Comentários

  1. Que lindoo este lindo
    Ameii a resenha
    Bjinhos
    naosouapenaslouca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice!
    Nunca pensaria em ler esse livro se o visse na livraria, porque não costumo ler livros de auto ajuda. Mas gostei tanto da sua resenha que fiquei interessada!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não gostava do gênero, mas me surpreendi bastante com esse livro!
      Bjs!

      Excluir
  3. Oi Alice, tudo bem? Eu nunca li nada do autor, mas acho ele uma figura carismática, sempre paro pra escutá-lo. depois de ler sua resenha fiquei curiosa em conhecer o livro!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, não conhecia o autor. E gostei bastante do livro!

      Excluir
  4. Oi Alice, vi seu recadinho no meu blog e vim aqui conhecer o seu. Amei, você está de parabéns.
    Eu não conhecia esse livro. Me parece ser uma livro um tanto profundo; muitas vezes acabamos quebrando a cara mesmo quando fazemos de tudo para a outra pessoa ser feliz e não recebemos nada em troca.
    Beijos
    p.s. estou seguindo
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, felicidade precisa ser recíproca *-*

      Excluir
  5. Oi, Lice tudo bem? Amei a sua resenha o livro realmente parece ser muito bom e foi muito interessante acompanhar as suas impressões.
    Quem sabe um dia eu leia né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Parece ser muito bom, coloquei na listinha dos que pretendo ler!!
    Beijinhoos. ❤
    Amor de Lua Azul
    Instagram - Google + - Twitter

    ResponderExcluir
  7. Oi! Gostei muito do tema! Bem reflexivo. E essas frases são maravilhosas!
    Arrasando como sempre nas resenhas <3

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor.
    Não conhecia esse livro.
    Mas as histórias que deixam essas mensagens reflexivas são sempre bem vindas pra mim. Gostei da dica ;)

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem? Não conhecia esse livro mas pela sua resenha ele parece ser maravilhoso! "Viver é automático, mas sentir-se vivendo não o é" essa sem dúvidas foi a citação que mais gostei.

    Beijos <3
    menteviajantee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é umas das melhores frases, define tudo!

      Excluir
  10. Eu adorei a resenha e fiquei bem interessada em ler esse livro, e saber o verdadeiro significado da felicidade. E concordo com um dos autores, felicidade é poder nunca ter passado fome... Acho que todos os seres humanos deveriam ser gratos pelas coisas que tem, mesmo que simples.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Leidiana, ter água e comida já é motivo para ser muito feliz e realizada!

      Excluir
  11. OI, Alice.
    Eu amo livros com contos e esse parece ser um livro muito bom.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  12. Ooi,o tema é bem interessante, me chamou bastante a atenção, e o enrendo me deixou bem curiosa também ^^
    beeijos adorei
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tudo muito interessante e uma forma muito bem trabalhada para ensinar sobre a Felicidade!

      Excluir
  13. Olá Alice
    Mara sua resenha!
    Deve ser um livro super interessante e bastante reflexivo.
    A temática é bem abrangente e os questionamentos muitos.
    Concordo total com você quando diz que a felicidade é algo passageiro, mas que nos presenteia com momentos especiais que ficam marcados pra sempre.
    Quero ler o livro!
    Vou anotar na minha lista dos desejados.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luli, fico feliz em saber que irá adicioná-lo em sua lista, vale muito a pena!

      Excluir
  14. Oie Alice =)

    Não conhecia o livro e confesso que não tenho o hábito de ler contos, mas gostei da premissa da obra. Parece que os contos são inspiradores e ao mesmo tempo reflexivos.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São bem reflexivos e transpassam contos, são uma espécie de conversa direta com o leitor!

      Bjs!

      Excluir
  15. Oi, Alice! Tudo bem?
    Achei muito interessante a resenha, parece ser um livro cheio de expectativas sobre o tema " Felicidade", espero ler algum dia. Adorei a sugestão :)
    Adorei teu blog, já estou seguindo! Poderia retribuir seguindo o meu blog?
    Beijos
    http://palavrass-ao-vento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nat, fico feliz que tenha gostado!
      Já estou seguindo também *-*

      Excluir
  16. Oi Alice!

    Esse parecer um livro que traz questões bem reflexivas. A busca e definição de felicidade é algo muito questionado e, mais que tudo, subjetivo. Para cada um de nós a felicidade tem um significado. Muito interessante a proposta do livro em abordar isso.

    beijos
    Psicose da Nina | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, a felicidade é percebida por cada pessoa de uma forma diferente!

      Excluir
  17. Adorei o título do livro e a história parece ser muito boa, eu amei a capa e os detalhes. ♥
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  18. Oiii Lice

    Confesso que não é muito meu tipo de livro, por enquanto não me chama muito a atenção... A resenha ficou ótima

    Beijos

    Resenha Atual

    ResponderExcluir
  19. Oi! É bem complicado para mim gostar de um livro desse tipo, principalmente por causa do gênero. Mas juro que se um dia eu quiser ler algo diferente, eu vou adorar conhecer mais sobre a história!
    Beijo, Leitora Encantada
    Participe do Sorteio de Natal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou assim também, mas dei uma chance para esse livro e não me arrependo *_*

      Excluir
  20. Olá Lice, tudo bem?
    Esse livro não faz muito o meu tipo mas quem sabe um dia não posso tentar né?!
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. diferente ESSE LIVRO DOS QUE EU COSTUMO LER. mas PELA SUA RESENHA ME DESPERTOU CURIOSIDADE, ME PARECE INTERESSANTE..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  22. Que livro diferente , eu não conhecia , mas adorei a resenha e já quero ler =)
    Bjs
    Aquarela Pink

    ResponderExcluir
  23. Olá, Alice.
    N~]ao sou muito fã de livros assim, por isso acho que não leria. Mas para quem gosta do estilo, acho que é um ótimo tema para ser lido. Acredito que a felicidade são momentos, só devemos reconhecer e dar valor a eles.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não sou fã do gênero e foi uma ótima surpresa!!

      Excluir
  24. Não conhecia o livro, mas pelo que mencionaste no post, deve ser bastante interessante, gosto bastante de livros, vou procurar!! :)

    Style Days Blog

    ResponderExcluir
  25. Nossa, a capa dele é linda, e o titulo e bem curioso! Adorei a resenha, as citaçoes, fiquei bem curiosa por ele o.O.
    Beijooooiss!

    ResponderExcluir
  26. Fiquei bem curiosa pra ler esse livro, parece ser muito bom!

    ResponderExcluir