Olá amores,

Hoje trago a resenha do livro "Tudo é Possível" que foi disponibilizado pela Editora Vida & Consciência. A leitura abriu minha mente e creio que esta tenha sido a principal inteção do livro! Espero que vocês terminem esta resenha sentindo a mensagem que ele transborda!


Tudo é Possível
Autor: Carlos Henrique de Oliveira
Páginas: 352
Editora: Vida & Consciência
Nota: 💙💙💙
Onde Comprar: Editora / Amazon / Submarino / Saraiva


SINOPSE: Maria Tereza é dona de um dos maiores impérios de comunicação do país e tem duas filhas, as gêmeas Luciana e Cristina. Embora sejam idênticas na aparência, as duas irmãs têm personalidades bem distintas. Com o passar dos anos, as tramas do destino conduzem as irmãs até Louise, uma transexual linda, sensível, inteligente e amante das artes, desencadeando profundas transformações na vida de todas elas.
Por meio de acontecimentos que permeiam a vida dessas personagens, o leitor é convidado a refletir se a vida é de fato justa e se realmente existe justiça na sociedade.

"Não cobre das pessoas aquilo que elas não podem dar. Cada pessoa é de um jeito, minha menina. As pessoas vivem em diferentes estagios evolutivos, em diferentes níveis de consciência"

"Tudo é Possível" é um livro onde várias histórias irão se cruzar e onde o destino se mostrará cruel em alguns momentos. Primeiramente nos depararemos com Maria Tereza, uma mulher sem escrúpulos, interesseira e ligada a bens materiais. Maria Tereza é casada com Alfredo, o dono de uma das maiores empresas de comunicação do Brasil. Diferente da mulher, ele é um homem bom e generoso. 
Em um jantar empresarial, Alfredo acaba conhecendo Albertina, a mulher do seu parceiro de negócios, Luís Cândido. Entre Albertina e Alfredo surge uma atração instântanea, ambos não conseguem esconder a ligação. Os dois começam a se encontrar as escondidas, mas desejam largar seus respectivos parceiros para brindar o seu amor, que agora é presenteado com um bebê.

No entanto, Maria Tereza descobre a traição e a gravidez. Tendo a ajuda de Flávio, seu comparsa e amante, ela arma uma cilada para Alfredo separar-se de Albertina e de quebra quer roubar o filho da mulher. Porém, a empregada de Maria Tereza escuta o plano e passa as informações para Albertina, que irá contar com a ajuda de sua amiga Augusta para comprar o bebê e cuidar dele. Assim, Albertina dá a luz a 2 bebês, sendo um deles morto, e o plano de Maria Tereza parece que está dando super certo.

Augusta compra o bebê com o consetimento do seu marido, Fernando. Ambos não conseguiram engravidar e o menino que ela nomeou de Rômulo, tornar-se um alento para o coração da mulher. Enquanto isso, Albertina é expulsa por Alfredo da sua casa e acaba tendo que voltar para o ex-marido. Já Maria Tereza continua com seu casamento de farsa, planejando suas próximas atitudes.
Albertina consegue visitar o filho sempre que dá e fica aliviada por saber que o menino está em boas mãos.

"A cegueira representava aquilo que todos viam, mas que ninguém de fato enxergava, ou fingia não enxergar; representava a falta de empatia e o egoísmo que levam ao caos total"

O tempo passa e Maria Tereza consegue engravidar de Alfredo, tendo assim gêmeas, Cristina e Luciana. Ela acaba tendo um sentimento de amor genuíno por Luciana, enquanto Cristina ela recusa desde o primeiro momento. Augusta também consegue finalmente engravidar e a vida dela parece um sonho. Albertina para aliviar o vazio de ter seu filho longe acaba adotando um lindo bebê, dando-lhe o nome de Paulo Henrique.

Os anos passam e a cada dia fica mais nítida a predileção de Maria Tereza por Luciana. Todo carinho e amor que existe dentro da mulher é destinado a garota, que acaba transformando-se em um fantoche nas mãos da mãe, fazendo de tudo para lhe agradar. Já Cristina é uma garota diferente, ela consegue conversar e ver os espíritos de luz que lhe rondam, sendo sensitiva. 
Quando as garotas estão com 8 anos, Alfredo acaba descobrindo a traição da mulher e deseja-se separar, mas Maria Tereza arma uma cilada para o marido e acaba matando-o.

Já Rômulo cresce e a cada dia se mostra diferente, ele tem atitudes e alma de mulher, mas seu pai repreende constantemente o garoto, chegando a agredi-lo. Na adolescência, Rômulo não consegue esconder o que realmente é, seus desejos afloram e conhecendo as pessoas erradas, ele acaba prostutuindo-se na noite paulistana, adotando o nome de Louise.
Louise conhece Denizarth e por ele larga a vida da prostituição, ambos acabam tendo um relacionamento lapidado pelo amor. Mas, seu pai acaba descobrindo o que o filho se tornou e o expulsa de casa. Assustado, Rômulo encontra abrigo na casa de seu tio e de seus avós, e decide-se mudar do país e realizar a cirurgia de troca de sexo.

A vida de nossos personagens estão interligadas, o destino das irmãs Cristina e Luciana, cruzarar-se com o de Louise. As maldades aumentarão durante todo o livro, mas também perceberemos que existe amor em cada núcleo, mesmo pequeno, mesmo pouco.
Como lidar com o nosso próprio interior? Acontecimentos de vidas passadas podem mudar sua atual vida? O que fazer quando o ódio parece rondar-te a tantas vidas?

"A felicidade é um estado interior, apesar dos meios externos, da aparência fisica, da matéria, e de tudo o que é passageiro... É nos amarmos simplesmente pelo fato de existirmos, do jeito que somos na essência, e de sermos criações da vida, do universo e de Deus"


O livro tem uma carga emocional pesada. Falando abertamente de assuntos considerados tabus em nossa sociedade, o livro aborda a transexualidade de uma forma leve, mostrando realmente a situação e dificuldades das pessoas em se aceitarem e obterem aceitação. A Louise é uma personagem que não se aceita, que sente-se excluída, que acha que possue algo de errado consigo por se sentir como uma mulher. Ela é a primeira a se culpar, a se xingar. Com isso, percebemos o quanto os LGBTSS ainda sentem-se confusos em relação a àquilo que são.

A Maria Tereza é uma personagem que carrega muitos espíritos negativos ao seu redor. Ela tem uma carga negativa que lhe ronda a vida e incita-lhe a fazer o mal. Albertina por sua vez, talvez seja a personagem que mais sofra. A mulher tem uma vida que parece que nunca dar certo, só tem sofrimento e mágoa.

"A vida não alimenta nenhuma ilusão, querido. Ela só alimenta a verdade"

Cristina e Luciana mesmo sendo gêmeas idênticas, possuem personalidades totalmentes diferentes. A Luciana deixa-se ser comandada pela mãe, deixando que ela decida até a porfissão que deve seguir. Por sua vez, Cristina é uma defensora do empoderamento da mulher. Ela conversa com o plano espiritual desde a infância e isto nunca foi bem compreendido pela mãe, que congitou interná-la quando pequena, mas o pai nunca permitiu. Vemos a mediunidade aflorando na menina e isto ocorre naturalmente.    

"Tudo é Possível" nos mostrará o plano espiritual de uma forma serena. O autor em momento algum deseja impor religião ou algo parecido nos leitores, o desejo maior é demonstrar que Deus sempre permite o nosso arrependimento interno, sempre há uma chance de recomeçar.
Eu tenho uma religiosidade muito bem aflorada, sempre me permito cconhecer cada religião com a mente bem aberta e ver a descrição do plano espiritual me trouxe paz e isto é o mais importante.

"É um grande equívoco colocar todas as nossas expectativas de felicidade nos outros"


A edição do livro é muito bem diagramada, contando com uma fonte e tamanho de letras perfeito para a leitura. A cada separação de núcleo temos uma borboleta como símbolo e isto casa perfeitamente com a mensagem do livro. A borboleta representa a transição entre o feio e o velho, para o belo e novo. Entre a rejeição e a aceitação.

Abordando assuntos como a aceitação, a vingança, o medo e o ódio, o livro tem a missão de mostrar o quanto somos donos das nossas ações e o quanto uma atitude pode perpertuar por séculos. Temos a oportunidade de aprender com os erros dos personagens e entender um pouquinho das energias que nos rondam.

"O amor é a divindade agindo no universo. O mal é ilusório e passageiro, presente somente porque ainda não evoluímos"

Com uma escrita fluida, o autor consegue tocar e arrancar lágrimas dos leitores em determinados momentos. Durante a leitura refleti em diversos momentos sobre o fato de a vida ser justa. Rômulo se sentia mulher, mas não podia ser quem era por causa da sociedade hipócrita na qual estamos inseridos. E de fato isto é muito comum, as pessoas não podem revelar o seu verdadeiro ser. Em meio a isso, também temos várias mães que são separadas de seus filhos e vivemos em um mundo no qual parece que o mal sempre vence.

Resumindo, o livro é uma bela reflexão para os dias que vivemos. Ele nos transporta para uma ficção que nos alerta sobre a vida e sobre a vida pós-morte. Não conhecia a escrita do autor e fiquei encantada. A única coisa que  pode atrapalhar a leitura é a quantidade de informações, mas quando conseguimos assimilar cada personagem, a leitura simplesmente é rápida. Outra coisa que ajuda na visão geral é a narrativa em terceira pessoa, que nos permite conhecer cada personagem e o que os rondam. Temos segredos do passado que permeiam a obra e isto ajuda o crescimento do livro.

"O verdadeiro amor liberta. Amor que prende, que é egoísta, não é amor"

Uma leitura que recomendo para todos que querem sair de sua zona de conforto e arriscassem em algo novo!
Cada dia o mundo nos surpreende com a sua maldade, então cabe a você preencher a vida das pessoas com amor e carinho para transformar o negro em luz, o ódio em amor e a tristeza em alegria! Comece a mudança por você e plante a sementinha da igualdade em seu coração!

"Mergulhar na tristeza é aumentar o próprio sofrimento"

Beijinhos da Lice 

41 Comentários

  1. Great post!
    Merry Christmas,
    Emma
    www.emmalovesfashion.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice.
    Gostei da resenha, o livro parece ser bem legal.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a premissa to livro e fiquei curiosa demais pra ler!!

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  4. Oie Alice =)

    Acho que nunca li nada da Editora Vida e Consciência. Pelo menos não que eu lembre rs...

    Não conhecia o livro e nem o autor, mas achei interesse a premissa de várias histórias se cruzando e o modo como as coisas parecem acontecer aqui.

    Acho que vale a pena dar uma chance ^^

    Beijos e um Feliz Natal para você e sua família!

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda certeza vale a pena Ane, é um emanharado de surpresas!

      Excluir
  5. Eu não conhecia ainda esse livro mas acho que eu gostaria sim da história. Vou colocar na minha lista :)

    🎄Feliz Natal! 🎄
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
  6. Oi Alice, tudo bem?

    Não conhecia o livro, mas parece ser bem forte mesmo, acho que vou precisar de muitos dias para ler algo assim e poder digerir bem. Adorei a resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Com certeza é preciso tempo para digerir a leitura!

      Excluir
  7. Oi, Alice! Não conhecia o livro e achei a temática dele bem diferente por misturar assuntos polêmicos com espiritualidade. Fico feliz que tenha gostado da leitura e transmitido isso nessa ótima resenha! Beijinhos, Beatriz.

    O Diário de uma Escritora Iniciante

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    não conhecia o livro, mas achei a capa linda!!
    Gostei da história apesar das ressalvas.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz
    3 livros por 20 reais

    ResponderExcluir
  9. Oi, Alice!
    Não conhecia o livro. Fui lendo sua resenha e achando o enredo cada vez mais parecido com uma novela das 8! Rs! A história parece ser bem forte.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Uma super novela das 8 muito bem produzida!

      Excluir
  10. Oi, Alice. Eu tinha visto uma resenha sobre esse livro uma vez, mas eu não gostei muito da premissa. Esse negócio de cruzar vários caminhos ao longo do livro nunca funcionou para mim, fico mais confusa do que tudo. Também não tinha entendido antes o papel do transexual na história, acho que só lendo para saber.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do Sorteio de Natal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só lendo mesmo, você irá ficar intrigada com as histórias, certeza!

      Excluir
  11. Oi Alice, você resenha muito bem, não conhecia nem a editora nem o autor, porém gostei de como você descreveu o livro depois irei procura-lo. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o livro, mas pelo que falaste aqui no blog, parece ser bastante interessante, vou pesquisar :)

    Style Days Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Pesquise mesmo, acho que irá gostar!

      Excluir
  13. oi, linda! Amei a premissa do livro! Realmente deve ser bem carregado emocionalmente... acho muito válida a leitura de livros que nos levem a refletir enquanto ser humano. Quero ler assim que possível!

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro livros com temática reflexiva, é sempre bom aumentar nossos horizontes!

      Excluir
  14. Amei a resenha, parece ser muito bom!!
    Feliz Natal! 🎄
    Beijinhoos. ❤
    Amor de Lua Azul
    Instagram - Google + - Twitter

    ResponderExcluir
  15. Oi, Alice ;)
    Ainda não tinha visto esse livro, não que me lembre.
    E na verdade nunca vi nenhum que tratasse desse tema!
    Muito boa a proposta do autor!
    Muito legal sua mensagem final, amei ♥

    Beijinhos e Feliz Natal ;)
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  16. Oi Alice!
    Achei a temática interessante e válida, mas pelos seus comentários sobre o enredo acho que eu não me daria muito bem com a história. Mas que bom que você gostou.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é Mari, mas se tiver a oportunidade, leia-o!

      Excluir
  17. Oie
    Que linda esta capa, ainda não conhecia o livro. Achei interessante o enredo e fiquei curiosa para ler. Acho que nunca li nada parecido, mas leria sim.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, porque todas as pessoas devem ler esse livro *-*

      Excluir
  18. Olá, Alice.
    Eu amei essa capa, é linda demais. Mas apesar de achar que o livro deve ser tudo isso que você falou, eu não leio livros dessa editora. Geralmente eles são livros espíritas e como sou evangélica, prefiro não ler os livros deles.
    Feliz Natal!

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, compreendo! Cada um tem uma religião e se não se sente bem lendo algo do gênero deve procurar outros que te incentivem!

      Excluir
  19. Oi, Alice, tudo bem?
    Eu gostei muito da capa, mas pelo o que você disse na resenha eu não leria, existem alguns temas de livros que ainda não consigo digerir e esse é um deles, sem falar que eu não leio os livros dessa editora pois sou cristã e os livros deles tendem a ser espíritas e não me agradam muito.
    beijinhos e um ótimo natal.

    https://leiturize-se.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cami, eu entendo! Eu também tinha receio de ler livros com a temática, exatamente por ser cristã, mas fui lendo os livros da Editora e gostando bastante das histórias por trás dos livros!
      Feliz Natal flor :)

      Excluir
  20. Oi Alice!
    Adorei sua resenha, fiquei curiosa em ler, vou procurar o livro.

    Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  21. Que capa linda, fiquei com vontade de ler <3

    ResponderExcluir