Oi amorecos, tudo bom?

A resenha de hoje é de um livro que foi muito bom de ler. Uma leitura leve, com poucas páginas, mas que me proporcionou várias reflexões.

Caindo na Real
Autora: Nicole Chaves
Páginas: 56
Editora: Publicação Independente
Nota: 💙💙💙
Onde Comprar: Amazon

SINOPSE: Elisa é uma adolescente religiosa que vê sua vida mudar ao descobrir que a mãe tem um câncer. Ela tenta manter a fé e o equilíbrio emocional enquanto enfrenta as dificuldades do tratamento da doença, a descoberta de que sua melhor amiga é homossexual e a revelação de que seu pai está vivo.
Determinada a obter respostas, Elisa parte em busca do pai, conseguindo o apoio inesperado de sua tia Olga. Em uma viagem pelo passado, ela descobre mais sobre a mãe e os motivos que levaram-na a omitir algumas verdades.
A Nicole adotou uma metodologia diferente para escrever. Todos os seus livros são compostos por 29 capítulos, que possuem como característica serem sempre curtinhos. Então, esse é um dos motivos pelo qual a resenha irá ficar curtinha, pois qualquer detalhe a mais tornaria-se um grande spoiler.



Em "Caindo na Real" teremos a história da Elisa, uma garota tímida e muito religiosa, que foi criada pela mãe. Elisa e a mãe são o tipo de religiosas que condenam qualquer outro tipo de religião, idolatrando aquilo que acreditam. 
A vida da garota dará uma grande reviravolta quando ela descobrir que sua mãe está com câncer e tem pouco tempo de vida. Em meio a isso, a melhor amiga de Elisa, Clara, se declarará para ela com um beijo. Elisa a tratará como uma aberração e para ela será inaceitável acreditar que alguém da Igreja possa ter se desvirtuado tanto.
"Com toda a doença dela, não tive a coragem de contar sobre a pecadora que Clara tinha se transformado"
Elisa colocará todas as fichas da vida da sua mãe em Deus. No entanto, a mãe lhe revelará alguns segredos do seu passado, deixando claro que o pai da garota as abandonou e dizendo que lhe dará o endereço da sua tia para Elisa a procurar quando ela vier a falecer. 
A garota fica perplexa com a quantidade de informações e quer saber naquele momento os segredos do seu passado, quer viajar para visitar sua tia e seu pai. Porém, ela tem que cuidar da mãe e quando esta apresenta alguma melhora, ela parte para visitar a sua tia Olga.

A partir deste momento a vida de Elisa dará uma volta, ela descobrirá segredos do passado da sua mãe e do seu pai que lhe causarão grande surpresas. Pela primeira vez na vida ela necessitará olhar para uma história sem julgar. Mas seria ela capaz de perdoar um passado tão perturbado? Como a garota irá lhe dar com tantas informações e descobertas?
"Não existe certo ou errado no amor, Elisa. Amar é uma benção, não uma maldição"
Esse livro foi uma bela surpresa, pois mesmo sendo curtinho, ele nos permite ótimas reflexões e várias visões sobre o mesmo assunto ou ponto de vista. Eu consegui matar o ponto principal logo nas primeiras páginas, mas isto não afetou em nada a continuação da leitura.

A mensagem principal é clara. Não devemos manter dentro de nós nenhum tipo de preconceito, devemos nos livrar de qualquer pensamento negativo em relação a sexo, cor, etc., somos todos iguais e o mínimo que devemos dar a alguém é RESPEITO.
São tantos casos que presenciamos no dia a dia de falta de respeito, que quando achamos alguém que sabe respeitar as diferenças sem julgá-la já é algo valioso, único.

A autora também desejou reafirmar o poder da oração, mas aquela oração pura, de coração. A nossa fé move montanhas e é capaz de realizar ações inimagináveis.
Eu me emocionei em algumas partes da leitura, pois conseguia sentir todas as emoções muito afloradas, seja nojo, pena ou alegria.

O  único ponto negativo que achei no livro foi o final. A autora deixou um final aberto que me incomodou muito, pois esperava mais. Não considero o final ruim, só que acabei colocando muita expectativa e não consegui suprir isto.
Por fim, recomendo a leitura a todos que desejam uma leitura rápida, mas com grande lição!

SOBRE A AUTORA:
Olá, Meu nome é Nicole Chaves. Sou administradora por formação, especialista em consultoria organizacional e gerenciamento de projetos e processos. Entretanto, minha grande paixão é a escrita. Sempre fui apaixonada por histórias, independente da forma como são contadas (Livros, filmes, séries, etc), então lancei, "Sinfonia Agridoce" e "Caindo na Real", na Amazon.com, seguindo a metodologia de escrita que criei: The 29 Chapters. Além de escrever ficção, também faço artigos e reviews de variados temas, envolvendo assuntos que tenho interesse como Gestão, Inovação, Empreendedorismo, Planejamento Estratégico Pessoal e Entretenimento (Séries, Filmes, Livros e Música). Acompanhe o site e tenha acesso ao melhor da combinação de gestão e escrita (ficção ou não).
Redes Sociais da Autora:


Beijinhos da Lice

50 Comentários

  1. Resenha super bem feita!
    Não conhecia...vou pesquisar mais sobre a autora!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Uaaau, quantas reviravoltas!!! A protagonista sofreu bastante na mão da autora hahahahaha. Tbm não sou lá muito fã de finais abertos, a menos que tenha continuação, não sei se é o caso.
    Enfim, ótima resenha flor!!

    Bjoooos
    passageirodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A resenha é muitoo boa e fiquei curiosa para ler, mas esse final aberto foi como um balde de água fria, tbm não gosto, será que terá continuação?

    ResponderExcluir
  4. Olá

    Gostei muito da sua resenha. Não conheço o livro e nem a autora. Esse lance de deixar finais abertos acabam comigo. Não sou muito fã disso,gosto quando tudo fica explicado.
    Sucesso 😙

    ResponderExcluir
  5. Eu também desconheço a autora mais me interessei em ler esse livro

    ResponderExcluir
  6. Se tem uma coisa que me deixa irritada é finais em aberto. A não ser que tenha continuações. Não conheço essa história, sua resenha foi muito boa, porém, ando buscando história com mocinhas mais abertas.

    Bjim

    www.ocaosfeminino.com.br

    ResponderExcluir
  7. Alice o livro é bastante emocionante, é muito difícil para uma adolescente descobrir que a mãe está com câncer, mesmo ela sendo religiosa é uma notícia que abala qualquer pessoa e também ela descobrir algumas coisas da sua amiga e sobre o pai. Esse livro nos mostra uma lição que devemos não ter preconceito com ninguém, belíssimo livro, bjs.

    ResponderExcluir
  8. Que resenha maravilhosa, eu não conhecia a autora e muito menos sua obra. Mas já abri alguns links para conhecer melhor seu trabalho.

    ResponderExcluir
  9. Maravilhosa sua resenha! Parece um livro curtinho, mas de uma leitura excelente ^^
    Achei a sinopse fantástica e os personagens intrigantes!

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Esta será umas das minha próximas leituras e a autora é uma fofa!
    Amei a sua resenha!

    ResponderExcluir
  11. Que demais ler livros curtinhos e ser surpreendido desta forma. Sinal que a mensagem foi passada com maestria, de form direta e clara. É como se o autor, no caso uma autora, vencesse o leitor por nocaute.

    Muito bom.

    ResponderExcluir
  12. Olá eu não conhecia esse livro e nem a autora mas confesso que me interessei e vou saber mas.

    ResponderExcluir
  13. Uau!! Que história forte!!! Tantas coisas em apenas 56 páginas?
    Acho que vale a pena conferir!
    Bjoo

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Li um livro parecido e confesso que essa trama cheia de reviravoltas não me atrai, ainda mais o livro sendo tão curto, odeio livro em que tudo acontece muito rápido.
    Passo a dica dessa vez, um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Eu também não gosto muito quando os finais dos livros ficam muito em aberto, quebra a magia! hehe
    Parece que as personagens foram bem construídas e que a estória é bastante emocionante! Espero ter a oportunidade de ler!

    Parabéns pelo blog!!

    https://prologodaleitura.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Ooi Lice, tudo bom??
    Um livro bem curtinho mas que com certeza é emocionante né, adoro livros com reflexões <3
    Mas também não curto tanto finais abertos!
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
  17. Oie
    Não conhecia o livro, mas o enredo é bem interessante. Não curto muito histórias com doenças, mas este parece que passa uma boa mensagem.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, Lice!
    Eu fique bem interessada na história, exceto por esse final aberto hahhahah
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
  19. Uma história um pouco triste pela doença, mas fiquei curiosa pra saber mais sobre a autora e o livro vou procurar por ele, a resenha ficou ótima, beijos !

    www.diksdareh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá tudo bem?
    Adorei a resenha e fiquei com pena da protagonista que passou por tanta coisa na mão da autora, mas não sei se leria pelo fato do final ser aberto, então vou deixar anotado aqui e quem sabe eu mude de ideia?
    beijinhos!

    ResponderExcluir
  21. Olá, Alice. Tudo bem?
    Já tive a oportunidade de ler este livro, e minha opinião foi bem semelhante a sua. É um livro de certo modo bom, mas com alguns deslizes. Mesmo assim, é o tipo de leitura que recomendo. Afinal, traz reflexões necessárias para todos nós.

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Adorei a resenha, ficou muito bem feita. E o livro é pequenininho e antes, desconhecido por mim.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  23. Oi!!! A proposta do livro é bem diferente. Fiquei curiosa para saber qual é o tal segredo do passado. Bjos ♥️

    Click Literário 

    ResponderExcluir
  24. Oi Lice, tudo bem?

    Gostei do título e do enredo, parece ser um livro com uma mensagem bem bacana, mas sou como vc, detesto finais abertos demais rsrrsrsrs mas ainda assim parece ser uma boa leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  25. Oi Lice,

    O enredo do livro é interessante. É ruim quando os autores deixam um livro com um final aberto, agrada uns e outros não.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  26. Oi Lice. Me parece um livro lindo, amo livro que nos deixam com reflexões, ensinamentos no final... Adorei sua resenha. Parabens!
    Bjoss da Isa 💕

    ResponderExcluir
  27. Ai, sempre sofro com esses livros que envolvem doença. Mas pelo visto a história vai muito além disso. Fala sobre segredos, e sobre reflexões sobre os preconceitos indevidos. Gostei bastante da premissa!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. A capa do livro é bem literal, rs, gostei!
    Sua resenha muito bem feita, que nos instiga a querer ler.
    Gostei do enredo da história.O livro tem uma mensagem boa para passar e coisas a nos ensinar tbm! Gostei!

    ResponderExcluir
  29. Não conhecia essa autora, sua resenha está bem feita e me deu vontade de conhecer mais dessa história e da autora.
    Beeijoos.
    www.mayaradrumond.com

    ResponderExcluir
  30. Ótima resenha! Parabéns!
    Nunca tinha visto falar do livro, mas não me atraiu tanto. 😦

    ResponderExcluir
  31. Ótima resenha! Parabéns!
    Nunca tinha visto falar do livro, mas não me atraiu tanto. 😦

    ResponderExcluir
  32. Só 56 páginas? Estou boquiaberta :o
    Mas fiquei com a ideia de que é um livro super intenso e envolvente, até pela própria temática, né?
    Fiquei curiosa agora...

    Pseudo Psicologia Barata

    ResponderExcluir
  33. Parece ser um livro com um tema muito atual e discussões bacanas, envolvendo religião e aceitação sexual. Desconstruir-se antes de ver o mundo com novos olhos. Gostei também da ideia de oração pura, direto do coração, falta muito nas pessoas. É uma leitura que deixarei mais pra frente por ser um gênero que leio pouco. Mas a dica foi anotada!

    ResponderExcluir
  34. Olá!

    Livros pra desconstruir? Gosto! Pena que é curto demais, por isso mesmo você deve ter sentido o final um pouco mais aberto, enfim, talvez eu arrisque a leitura, mesmo sendo um livro bem curtinho! E sim, precisamos demonstrar mais respeito e empatia pelo próximo!

    ResponderExcluir
  35. Oiii!!
    Não conhecia esse livro ainda. Gosto bastante de histórias que nos agregam bastante opiniões divergentes da nossa. Eu penso que, qualquer pessoa tem que fazer o que gosta, seja de religião ou opção sexual. Sobre ver a amiga como uma aberração, já vi muito isso por ai, e acredito que, quando as pessoas aprenderem a se aceitar, o mundo será muito melhor. Fiquei bem interessada em ler, acredito que mais para frente vou querer ler sim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Não gosto de finais abertos, eles me irritam horrores, e só de saber que o final é assim já decidi que não quero ler. E pra ser bem sincera não gosto muito de livros tão pequenos, principalmente no caso de um que trata de tantas coisas importantes, como o fanatismo religioso e os preconceitos que surgem dele.

    ResponderExcluir
  37. Olá, tudo bem???
    Bom eu achei o enredo interessante, mas sei lá eu não me dou muito bem com histórias curtinhas ainda mais se for livro único e esse final aberto até me deixou com receio... parece que a protagonista vai sofrer uma grande transformação de vida e esse é o lado bom da reflexão... infelizmente não tenho a pretensão de ler. Xero!

    ResponderExcluir
  38. Oii!
    Que mensagem linda esse livro tem! Acho muito importante essas obras que vem abordando esses temas tão interessantes como preconceito e a necessidade de nos livrarmos deles.
    Não tem como não desejar fazer essa leitura para ontem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. Alice,
    não conhecia a autora e livro. Eu acho que irei ler, porque fiquei muito curiosa para saber como a autora conseguiu colocar religião, Homossexualidade, câncer, segredos em um único livro e ainda curtinho. rs


    Chá para Expectativa

    ResponderExcluir
  40. Oi, mais uma autora que não conhecia, não gostei da capa, ele aborda temas bem atuais, me interessei pela história, vou anotar aqui, bjs.

    ResponderExcluir
  41. Uma resenha como essa bem feita nos desperta a curiosidade de ler o livro, não faz o meu gênero, mas com certeza vou indicar a uma amiga que curte esse estilo, vale a pena

    Beijos
    Rafael

    ResponderExcluir
  42. Muito legal a resenha, o livro parece ser bem interessante e a postagem deu mais vontade de conhecer a obra. Abraços e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  43. O que torna um livro "o livro" é o seu conteúdo e a capacidade de nos tocar, de nos fazer refletir e de nos passar a mensagem positivamente. Parece que o fez na perfeição, portanto torna-o uma optima opção de leitura.
    Optima resenha ;)

    BeijinhoBom
    Paula Cardoso
    Magia nas Palavras ♥

    ResponderExcluir
  44. E esse final aberto? Foi bem instigante e espero que tenha continuação! Adorei sua resenha ela esta bem completinha.

    alana zoz

    ResponderExcluir
  45. Olá
    Nossa que interessante, vi poucos livros que tem no enredo a oração. È bem raro, ainda mais hoje em dia pessoas que tem coragem de tratar sobre esses assuntos que geral muita polêmica.
    Amei
    Beijuh

    ResponderExcluir
  46. Oiee
    Adorei a resenha, estou precisando mesmo de uma leitura leve, estou numa ressaca literária danada rsrs
    Apesar da capa não chamar a atenção, a premissa é super instigante.
    Bjs

    ResponderExcluir