Oii meus amores, tudo bem?

Ando meio sumidinha né?! Mas tudo tem uma explicação e em breve teremos algumas novidades por aqui!

Hoje, trago um post de Primeiras Impressões do livro Lacrymosa da Juliana Daglio. Vamos lá ver o que achei da obra?
SINOPSE: O nome dela não é Valery Green. Também não nasceu no Kansas, e sua família toda não morreu num acidente de carro onde ela foi a única sobrevivente. Nascida num mundo de trevas e segredos apocalípticos, a garota feita de mentiras luta dia após dia para ter uma vida longe de sua verdadeira identidade e de seu dom misterioso, o qual ela julga como uma maldição. Por cinco anos, ela conseguiu. Escondida na pacata Darkville, tornou-se uma respeitada Detetive, conhecida por sua frieza e eficácia no trabalho. Seu companheiro Axel parece ter orgulho de trabalharem juntos, até ficar frente a frente ao que encontraram na busca daquela noite - um demônio dentro de uma garotinha. Para ajudar a pequena Anastacia, Valery terá que colocar em risco o trabalho na polícia e seu relacionamento com Axel, recorrendo à ajuda do Padre Henry Chastain, um velho conhecido. Desenterrando um passado cheio de exorcismos, perseguições e batalhas contra demônios, esse reencontro não promete ser feito de abraços e boas-vindas. Chas, como ela o chama, é conhecido como o maior Exorcista vivo - a Espada de Sal do Vaticano, e é sua única esperança de lutar contra o novo inimigo, mas também representa o ponto fraco de si mesma e o acesso a um passado doloroso que pode despertar seus próprios demônios interiores.  

Valery é o tipo de garota que mesmo parecendo ter uma casca dura em volta de si, guarda muitos sentimentos. A garota, com apenas 16 anos, abandonou sua família para não causar sofrimentos a eles. Desde pequena ela sabe que possui algo de "errado", algo que a diferencia das demais pessoas e ela também sabe que em determinado momento isto pode ferir as pessoas que ama.
Ao sair de casa, ela não abandona apenas a família, mas a sua identidade, o seu passado por completo. A partir daquele momento nasce uma outra pessoa: Valery Green.   

Ela conseguiu fingir muito bem por cinco anos, levando uma nova vida em um novo lugar. Agora, Valery é uma detetive de uma cidade do interior e tem muito mérito na profissão que escolheu. Mas, fantasmas do passado voltarão a lhe atormentar e ela irá lhe deparar com aquilo de que fugiu durante os últimos anos. 

Junto com seu parceiro, Axel, ela é destinada para resolver o caso do pai que sumiu junto com a filha na região. E ao chegar ao local suspeito, todos os traumas e barreiras de Valery são quebrados. A friesa com a qual ela comanda a sua vida caí e ela mostra um pouco dos seus verdadeiros sentimentos. Ela está lidando com uma pequena garotinha possuída pelo mal, e apenas ela sabe o quanto isto pode ser perigoso e principalmente, quem pode ajudar neste caso: o Padre Henry.  
A Juliana disponibilizou os 4 primeiros capítulos de Lacrymosa e nesses capítulos podemos ver a intensidade da obra e a infinidade de rumos que a história pode tomar. Escrever sobre o demônio não é nada fácil, pois querendo ou não, é um assunto que divide opiniões. Então, o simples fato da autora trazer algo arriscado já me instiga e me faz admira-la.

A história gira em torno de possessões e de uma personagem que está mais ligada a este mundo escuro do que gostaria. A Valery gosta de se esconder, de si mesma até. Ela tem visões que lhe causam terror e consegue pressentir o demônio, vendo quando ele possui alguém. A personagem foi muito bem construída, está nítido como sua personalidade influencia em si e na obra.

Seu parceiro, Axel, é totalmente o contrário de Valery. Ele nutre um sentimento por ela, ele no fundo quer cuidar dela, a fazer ser dele. Já Padre Henry é um personagem bem peculiar, pois apesar de ser padre ele tem alguns segredos um tanto quanto obscuros. Primeiro de tudo, ele não acredita que as pessoas se sintam bem com a sua simples presença e ele sabe o quanto o mal ronda o mundo. Fiquei muito curiosa para desvendar este homem, para conhecer seu passado, pois ele me parece um poço de incertezas, beirando um pouco da escuridão.

Nunca li um livro com este tema, e talvez seja por isso que fiquei tão curiosa para ler o resto da obra, mesmo tendo muito medo dessas coisas (sou medrosa sim). A autora logo no início do livro questiona o fato de as pessoas atribuírem as coisas ruins que fazem na sua vida ao demônio, quando tudo isto é culpa delas mesmo. Então, já dá para perceber que ela possui uma linha de pensamento muito questionadora e adoro ver estes temas polêmicos sendo discutidos em obras literárias.

Todo o clima de suspense misturado com mistério que permeiam os primeiros capítulos também são bem instigantes. O leitor fica esperando por mais e quer saber o desenrolar da obra, quer ver como a Valery irá lidar com o demônio e comandar a sua vida ao mesmo tempo.  
Os capítulos que li foram narrados pela Valery e pelo Padre Henry, ver visões diferentes sempre acrescenta a obra. Vale salientar que a obra é solo, então não precisam ficar com receio de esperar uma continuação.     

Este é o meu primeiro contato com a escrita da autora e posso garantir que fiquei bem surpresa. Tenho outros dois livros da autora, mas ainda não li, então agora estou muito curiosa para me aventurar em suas histórias.
A Juliana tem uma escrita um pouco rebuscada e isto é muito legal, principalmente para esse gênero que ela se propõe a escrever (Dark). Mesmo usando uma linguagem um pouco mais formal, ela consegue colocar a sua identidade na obra e em cada personagem.   
Em algum momento da vida, todos nos questionamos sobre o mal que nos cerca e sobre como ele pode interferir em nossas vidas. Será que as possessões são tão comuns assim? O que leva o mal a chegar perto de você? Como o mal interfere na vida da Valery? Será que um dia ela poderá deixar de viver uma farsa?

A coragem pode ser representada de várias formas. Fugir nem sempre é um ato de fracasso, na verdade pode ser o ato mais corajoso de alguém. Valery abandonou seu passado para proteger as pessoas que amava. Valery sabe que não deve se envolver no presente para não machucar as pessoas que ama. Valery precisa lidar com o mal, pois ele sempre parece lhe rondar. Ela está próxima de travar mais uma batalha, na qual o vencedor é inimaginável e na qual o mal pode ser seu pesadelo mais real. 

Redes Sociais da Autora:

PS: essa capa do livro ainda é provisória!!!E ainda não se tem uma data concreta para lançamento da obra!

Beijinhos da Lice

51 Comentários

  1. Oi Lice! Minha nossa, acho que vai bater um medinho na hora de ler, sou muito medrosa, por outro lado, parece ser uma narrativa bem instigante. É um tipo de leitura que me faz sair da zona de conforto. Adorei a resenha <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi,
      Também sou uma medrosa nata, mas adorei sentir a leitura na pele. É algo totalmente novo e que realmente me tirou da minha zona de conforto! Bjs!

      Excluir
  2. Tenho medo desses tipos de história, acho que eu não teria coragem de ler por que fala sobre demônios, mas ao mesmo tempo a história é bem interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Debinha, tudo bem?

      Entendo esse medo, também já tive este receio. Mas, já li algumas histórias que trazem este elemento e gostei bastante. Creio que Lacrymosa siga o mesmo rumo! Bjs!

      Excluir
  3. Adorei resenha, o livro parece ser bem interessante, prender a atenção do leitor. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o livro prende a atenção. Espero poder ter a oportunidade de trazer uma resenha completa. Beijos!

      Excluir
  4. Achei a trama do livro bastante tensa, essa história tem um pouco de terror eu geralmente sinto medo de ler esses livros desse gênero. Mas a história é bastante interessante, é um livro que mexe muito com os leitores, a história vai agradar e impressionar muitos que gosta desses livros, Alice bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucimar,

      Eu sei bem como é esse medo, eu sinto ele, mas gosto de me arriscar e sair da minha zona de conforto e isto é maravilhoso. Sugiro a leitura para todas as pessoas! Bjs!

      Excluir
  5. Olha eu não sei se meu psicologico me permite essa leitura, haha medrosa modo on, mas eu prometo tentar e volto aqui para dar minha opinião, no momento tentando ler Robson Pinheiro #medo beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Meu psicológico também vive pregando umas peças em mim, mas adoro me arriscar e investir em leituras que me instiguem ao máximo! Bjs!

      Excluir
  6. Olá!!!
    Preciso dizer que amei? AMEI SIM!!
    Amei saber que se sentiu instigada com os primeiros capítulos, e mais ainda que percebeu o caráter questionador do enredo. ERA O QUE EU MAIS QUERIA! :D
    Minha ansiedade para publicar esse livro aumentou muito, pois quero saber o que vai achar do rumo que a história vai tomar agora.

    Obrigada por ter lido e por ter resenhado com tanto carinho! <3

    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju, tudo bem?

      Fico tão feliz em saber que consegui captar as entrelinhas da história, isso me deixa extasiada, pois essa é a minha meta. Estou mega ansiosa para esse lançamento, quero muito ler este livro completo. Obrigada por me proporcionar a leitura desses primeiros capítulos! <3

      Excluir
  7. Oi
    Particularmente, não sou grande fã de livros de terror. aliás, não curto mesmo. rsrs
    Mas, fico feliz que tenha gostado. E pelo que percebi da obra, foi feita com muio capricho.
    Bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thami, tudo bem?

      Capricho é pouco, o livro é muito maravilhoso. Eu, apesar dos meus receios com o gênero entrei de cabeça e gostei bastante mesmo da leitura. Então, recomendo bastante! Bjs!

      Excluir
  8. Boa moite, como vai?
    Confesso que essa capa me chamou bastante atenção, se fosse um filme concerteza eu iria assistir, mas como é um livro e infelizmente o tempo estar tao corrido esse ano nao da pra mim. mas .achei a história é bastante interessante, é um livro que mexe muito com os leitores. Gostei da dica.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      O livro realmente mexe bastante com o psicológico do leitor, e se fosse um filme seria fodaaaaaaaaaaaaa! Mas, se tiver um tempinho, invista nesta leitura, pois irá valer muito a pena! Bjs!

      Excluir
  9. Olá Alice, tudo bem?
    Não conhecia a autora, mas achei a históriainteressante.
    Mesmo assim, acredito que não faz muito o meu estilo. Então eu não leria esse livro, mas quem sabe outro da mesma autora né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Esther, tudo ótimo e com você?
      Eu também acharia que não fazia meu estilo conhecendo apenas o enredo, mas depois de ler, fiquei bem encantada. Então sugiro que se poder, der uma olhada e uma chance para obra!

      Excluir
  10. Olá,
    Eu gosto muito de ler esse tipo de história, mas tenho um pouco de medo em relação a demônios, eu não conhecia a autora e nem a obra e já quero ler o livro por completo, por sua resenha me deu gostinho de quero mais, me deixou com muita vontade de saber o que vai acontecer, se ela vai conseguir enfrentar seu passado e demônios. Espero que seja publicado logo, bjs!

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabii, tudo bem?
      Fico muito feliz em saber que a história te chamou a atenção e que despertou a sua vontade de ler, era exatamente este o meu propósito. Também espero que seja publicado o quanto antes também! Bjs!

      Excluir
  11. Lacrymosa é um tipo de história que me envolve, suspense, mudar de vida, fantasmas do passado, são coisas que me fascinam em uma leitura.
    Em 4 capítulos já deu para notar que a protagonista tem uma vida intensa né?
    Quero ler o livro ♥ E a capa mesmo provisória tá linda!
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helana,
      Bote intenso nisto! O livro tem várias reviravoltas e consegue mexer com o leitor de uma forma incrível. A vvida da personagem é bem movimentada e permite várias entrelinhas! Bjs!

      Excluir
  12. Respostas
    1. Exatamente! Tudo é relativo e mutável. Bela reflexão! Bjs!

      Excluir
  13. Oi Alice! Tudo bem?!
    Meninaaa que livro maravilhoso é esse?! Primeiramente eu já compraria pela capa (sou dessas, rsrs). E eu amei a história! Amo livros desse tipo e sempre me instiga a ler histórias assim!
    Adorei a forma como você falou da história, super detalhada, e sem dar spoiler! :)
    Com certeza vou procurar pra ler!
    Beijos ♡
    Lilica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, tudo bem?

      É uma felicidade ver que meu post lhe instigou e despertou a sua atenção. A obra realmente é maravilhosa e conquista o leitor, deixando mea ansioso com a história. Espero que tenha a oportunidade de ler em breve! Bjs!

      Excluir
  14. Uau! Curti muito a premissa do livro. Espero ver a resenha completa em breve assim como ter a oportunidade de ler essa obra também.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também espero que aqui tenha a resenha completa em breve! É realmente muito bom!

      Excluir
  15. Eu comecei a ler o arquivo, e já comecei a curtir demais. O prólogo do livro é fascinante e estou curtindo essa autora. A Juliana tem um dom a ser declarado para o mundo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jalysson, tudo bem?
      A Juliana realmente tem um dom incrível e escreve com certa maestria! Precisamc conhecer o talento dela! Bjs!

      Excluir
  16. Mesmo provisória, gostei da capa. O enredo parece ser bem interessante envolvendo mistério e segredos obscuros. O fato da personagem ter que se defrontar com situações do passado dá todo um sentido à trama. No seu lugar eu não me aguentaria esperar pela história completa, ler só os primeiros capítulos nesse caso é quase uma maldade heheh Adorei a dica!

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente alguém me entedeu hahaha Esperar pela história completa é uma maldade muito grande, já quero ler a história completa agora mesmo :(
      Recomendo que você faça a leitura! Bjs!

      Excluir
  17. Sou muito medrosa, mas amei sua resenha me deu muita vontade de ler.

    ResponderExcluir
  18. Estava mesmo procurando um livro pra ler, acho que irei gostar deste!

    ResponderExcluir
  19. Que título! Lembrei da banda Lacrimosa, tanto pelo nome quanto pela capa bem gótica. Tenho mania de ler ouvindo música, então imaginei logo as músicas dessa banda acompanhando a leitura, uma experiência bem obscura haha :) Parece uma história bem promissora hein?!

    ResponderExcluir
  20. Lice do céu, se eu te contar que essa resenha me lembrou da série South of Hell? Inclusive mega recomendo porque é praticamente a mesma coisa, uma moça tentando lidar com o monstro interior mesmo que ele seja demoníaco demais. Sou suspeita para comentar que fiquei interessada porque dark novels é minha area favorita. Como amo tuas resenhas, gostei de saber que tem um mocinho velando por ela afinal, se puxarmos para nosso lado atual, deve ser uma barra suportar a existência real do Mal e ter que lidar com ele. Mesmo que isso lhe cause pânico, horror e medo. Deve ser torturosamente gostoso ler a batalha interna dela e até onde a moça vai para ajudar a outra. Assim que o livro tiver lançamento mega quero ficar por dentro de tudo porque necessito dessa obra pra já. BEIJÃO!

    ResponderExcluir
  21. A eterna luta em o bem e o mal! :)
    Eu que já fui viciada em livros, esse não é um tema que tivesse ficado de fora das minhas leituras... :) Agora mais mais soft, e quando trata do tema espiritualidade, a procurar uma leitura com uma vibração mais positiva. Mas que esse livro dava uma boa história para cinema, lá isso dava! ;)

    http://magarosa3.blogspot.pt/
    (Rosa Rosa)

    ResponderExcluir
  22. Caramba, amei esse livro, o enredo dele é maravilhoso, vou pesquisar e adicionar ele a minha lista de leitura desse ano e também se eu gostar vou fazer resenha porque ele me intrigou bastante. Parabéns a você por essa resenha e a autora por essa obra maravilhosa, sucesso a vocês duas. Beijão!

    ResponderExcluir
  23. Nossa! Esse livro parece ser fodasticamente tenebroso do jeito que gosto!
    Eu só não quero ler de picadinho, quero mergulhar sem tempo pra acabar! rs

    ResponderExcluir
  24. OLá! Te confesso que tenho vontade de ler Lacrimosa, mas não tenho um pingo de coragem, é sério! Nunca li nada da Ju Daglio, mas só vejo críticas positivas sobre suas obras. Sua resenha me deixou hiper curiosa! Será que terei coragem? Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Adoro livros com essa temática! Fiquei curiosa em saber o enredo da história, em saber se ela vencerá todos os seus medos, se o relacionamento dela continuará adiante e todo o desenrolar da trama. Show!

    ResponderExcluir
  26. Primeiramente parabéns pela sua resenha, ficou maravilhosa.
    Eu amo ler temas assim que nos deixam sempre com aquele gostinho de quero mais sabe?!
    Eu nunca ouvi falar mas já estou louca pra adquirir depois que visitei seu blog.
    Um super beijo e muito sucesso!

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir
  27. Achei a resenha bem completa e muito bem feita. Sobre o livro, apesar desse ser um assunto bem batido, há sempre novas formas de abranger a temática demons/exorcist, né.
    Beijo

    ResponderExcluir
  28. Oi Lice,
    Tenho visto muitas divulgações desse livro e estou mega curiosa para ler, confesso.
    Adorei conhecer suas impressões e fiquei muito contente por saber que esses primeiros capítulos te fizeram pensar. Esse seu parágrafo:

    Em algum momento da vida, todos nos questionamos sobre o mal que nos cerca e sobre como ele pode interferir em nossas vidas. Será que as possessões são tão comuns assim? O que leva o mal a chegar perto de você? Como o mal interfere na vida da Valery? Será que um dia ela poderá deixar de viver uma farsa?

    me deixou muito pensativa e quero saber o que acontece na vida de Valery.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  29. Bom, isso das pessoas atribuírem tudo de ruim que acontece em suas vidas ao demônio é algo que realmente me deixa enlouquecida, então gostei da autora abordar esse tema. Mas não leria, acho que sou muito mais medrosa que você, não ia curtir nem um pouco ler sobre as visões da protagonista ou sobre as possessões, então vou deixar a dica passar.

    ResponderExcluir
  30. Olá
    Também fiz as primeiras impressões deste livro e gostei bastante, eu realmente espero que a autora conduza a história o melhor possível, pois tem tudo para dar certo.
    Beijuh

    ResponderExcluir
  31. Olá!

    Já tinha visto Primeiras Impressões em outros blogs, mas não sei se o leria, vou esperar as resenhas completas. Adorei seu texto.

    ResponderExcluir
  32. Quando peguei o arquivo para ler já estava esperando uma das bombas literárias da Jubs (conheço os livros dela, sua escrita cadenciada e questionadora). Mas Lacrymosa foi mais! Ju evoluiu, amadureceu e se superou! A escrita está mais envolvente ainda do que conheço, a temática parece ser bem desenvolvida e as reflexões de cunho filosófico me aprisionaram! Chorei quando terminei e não tinha mais livro!!... Espero mesmo que ela consiga uma editora em breve!

    ResponderExcluir
  33. Olá, tudo bem?
    Eu quero ler o livro todo!!! Socorro.
    Amei poder fazer parte desse momento, e espero muito que a Ju lance logo, pois estou mega curiosa.
    Adorei o post, um beijo.

    ResponderExcluir
  34. Oi.
    Não conhecia esta obra... mas caramba, que livro é esse?! Fiquei bem curiosa a partir da suas impressões e vou esperar ou a resenha completa, ou o lançamento do livro.

    ResponderExcluir
  35. Oi Alice, sua linda, tudo bem?
    Todos elogiam a autora, até hoje ainda não consegui ler nenhum livro dela. Fiquei muto curiosa sobre o motivo pelo qual ela não podia ficar com a família. Mas quando você revelou que era algo relacionado ao mal, a demônio, possessão, confesso que perdi a coragem de ler, sou medrosa, risos.... Mas para quem não é parece uma boa leitura. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir